FuelTech? Entenda como a ECU funciona

Nov 11 / Eng. Cristian Silva

O sistema de injeção eletrônica programável FuelTech gerencia sistemas do motor como uma ECU original porem é aberta para programação, ou seja, é basicamente responsável por enviar estímulos para atuadores baseado nos sinais recebidos por sensores.

Sensores

São componentes que analisam o funcionamento do motor e transferem as informações para uma unidade de comando no caso a FuelTech. Distribuídos em pontos estratégicos do motor, eles verificam grandezas como, posição, pressão, temperatura, RPM e até mesmo a quantidade de oxigênio livre nos gases de escape.

Atuadores

São componentes que respondem diretamente aos estímulos elétricos da unidade de comando. Alguns exemplos de atuadores são os injetores de combustível, bomba de combustível, bobina de ignição, atuador de marcha lenta e o eletro ventilador.

O principal objetivo do gerenciamento eletrônico é fornecer ao motor combustível na quantidade certa e ignição no tempo correto. Como a FuelTech calcula a entrada de ar no motor através de dados dos sensores, ela pode determinar o tempo de injeção para cada regime, o que quantifica o volume de combustível de acordo a necessidade do motor e também pode gerenciar o momento mais adequado para enviar o estimulo de ignição para bobina na busca de uma combustão mais eficaz ao motor.

Gostou do assunto então assista esse vídeo que pode te trazer mais detalhes sobre o assunto.